SUSTENTABILIDADE

Na JPS Cork Group, natureza e tecnologia de ponta convivem em perfeita harmonia.
Montado

Uma riqueza natural imensurável

É o Singular ecossistema da região mediterrânica ocidental e um dos 36 hotspots globais de biodiversidade. Os montados de sobro contribuem para a retenção de CO2, regulam o ciclo hidrológico, protegem as suas áreas contra a erosão e o fogo e promovem um nível de biodiversidade elevado.

0 Hotspots
de Biodiversidade
0 Ton/CO2
Absorvidas Anualmente
0 %
Cortiça Produzida no Mundo é Nacional

O sobreiro é uma árvore de crescimento lento, que desempenha um papel importante na captura de CO2, que é armazenado nas suas raízes, folhas, tronco e casca (cortiça) ao longo da sua vida.
E por cada tonelada produzida, o montado sequestra, segundo estudos científicos recentes, mais de 73 toneladas de CO2 (o equivalente às emissões daquele gás libertadas por um automóvel que percorra 450.000 kms), o que contribui fortemente para combater as alterações climatéricas e positivamente para o BALANÇO CARBÓNICO.

Cortiça

100% Reciclável, Reutilizável e Natural

100% natural reutilizável reciclável

A cortiça é a casca do nobre sobreiro ”Quercus Suber”, que tem uma vida útil superior a 200 anos. A cada 9 anos esta casca é extraída num processo antigo e natural, sem corte ou dano da árvore. Ao longo da vida do sobreiro, que dura em média 200 anos, a cortiça pode ser descascada cerca de 17 vezes.

É a extração da cortiça que mantém a vitalidade dos montados, permitindo que milhares de pessoas continuem a viver e a trabalhar em zonas áridas e semiáridas (a primeira barreira ao crescimento do Saara).

O descortiçamento é um processo manual, que não requer a utilização de máquinas poluentes e que não implica o abate da árvore.

VANTAGENS NATURAIS

Os produtos de cortiça mantém a sua capacidade de armazenamento durante todo o seu ciclo de vida, o que torna possível a redução da pegada carbónica de vários produtos baseados em cortiça.

Com cerca de 4000 anos de uso pelo homem, antes de Cristo era já utilizada em sapatos, vedante de ânforas ou bolas. Na idade média isolava conventos do frio e foi usada na construção das caravelas Portuguesas que descobriram o mundo e formaram a primeira “aldeia global”.

Hoje protege os melhores vinhos  e é aplicada em inúmeros outros setores, alguns dos quais impensáveis há poucos anos atrás.

O setor económico de cortiça é pois um sumidouro efetivo de gases com efeito de estufa uma vez que o sequestro de dióxido de carbono da atmosfera é bastante superior às emissões desses gases emitidos ao longo do setor, desde a floresta até ao destino final dos produtos de cortiça.

Portugal é hoje líder mundial na sua produção e transformação da cortiça.

números JPS CORK GROUP

0 %
Cortiça Reaproveitada
0 Ton/Dia
Cortiça Reciclada
0 %
Energia de Painéis Fotovoltaicos
0 %
Energia da Queima de Biomassa
+ 0
Investimento Painéis Fotovoltaicos
0 g/CO2 por Garrafa
Redução da pegada de carbono
JPS CORK GROUP

Visão Estratégica

Visão Estratégica

Nas nossas 5 unidades industriais, a cortiça é transformada em soluções ecológicas, desde granulado a rolhas de cortiça, de componentes de calçado a isolamentos térmicos e acústicos, de pavimentos a revestimentos de parede, de tecidos e fios até produtos de bem-estar.  As características de cortiça natural são mantidas, são aplicados saberes antigos, tecnologia, inovação e novas possibilidades são criadas num longo ciclo de sustentabilidade e de economia circular ao serviço das necessidades do mercado.

Reconhecendo que a sustentabilidade é mesmo prioritária estrategicamente, desenvolvemos continuamente ações e processos conducentes à maior redução da pegada carbónica na cadeia global de abastecimento, da floresta, à produção e distribuição, tais como:

JPS CORK GROUP

abastecimento

Instalação, no coração da floresta, de uma unidade industrial para melhor gestão da matéria-prima e da floresta, em parceira com os diversos produtores com armazenamento da cortiça , minimizando assim a nossa pegada de carbono nesta fase inicial do processo.

Promoção de Florestas Sustentáveis, nomeadamente através da Certificação da respetiva Cadeia de Custódia FSC ® (Forest Stewardship Council).

produção

– O granulado e pó de cortiça resultante de processos de fabrico de produtos de cortiça (exemplo: rolhas de cortiça) pode ser reutilizado em novos produtos como painéis de revestimento, tapetes de yoga, ou tecidos e fios de cortiça.
– Em alguns produtos de cortiça são também incorporados desperdícios de outras indústrias, contribuindo positivamente para um futuro livre de desperdícios e com benefícios funcionais, como é o caso de borracha de pneus em fim de vida.

distribuição

1 garrafa de vinho em vidro contem uma elevada pegada de carbono.

Utilizando rolhas de cortiça como vedante, os produtores de vinhos e bebidas espirituosas poderão conseguir uma redução da pegada de carbono em cerca de 250 gramas/garrafa.

Contribuímos para melhorar a qualidade do desempenho ambiental dos edifícios e consequente eficiência energética, através da obtenção da Declaração Ambiental de Produto (DAP) dos nossos produtos para isolamento. A DAP fornece informações dos impactos ambientais do produto ao longo do seu ciclo de vida, e permite a obtenção de créditos em programas de certificação ambiental de edifícios, tais como LEED ou BREEAM”

JPS CORK GROUP

pessoas

O valor humano está intrinsecamente associado à sustentabilidade e longevidade do ecossistema do montado, tal como do Grupo JPS CORK.

Seguindo os passos do seu fundador, esta é uma Organização familiar já na 2ª e 3ª geração, onde, em espírito de equipa e interajuda, os recursos humanos dedicam o seu esforço e talento a criar valor com um dos mais importantes recursos naturais de Portugal, para uma solução global em produtos de cortiça, juntando tradição e inovação.

Assim sendo, o Grupo JPS CORK reconhece que a motivação e as condições de trabalho são um dos fatores fundamentais do seu sucesso.

Dignidade, não discriminação, igualdade de direitos, segurança, educação, desenvolvimento pessoal e profissional, assim como liberdade de associação são princípios estruturais da nossa atividade.

Além disso, contribuímos positivamente para o desenvolvimento das comunidades onde as nossas unidades estão inseridas, com criação de emprego e bem-estar, assim como aquisição de produtos e serviços na respetiva região. Reutilizarmos e produzirmos energia com os nossos desperdícios, diminuindo o impacto negativo dos mesmos na comunidade.

Evoluímos, juntos, tal como a cortiça: de forma equilibrada e sustentada.

+ 0
Colaboradores